Nesta página você encontra dezenas de Sermões Biblicos de renomados pastores para você conhecer mais da palavra de Deus ou para usar em suas pregações em sua igreja.

CLIQUE para voltar a página inicial dos Sermões Online

177 Sermões Evangelisticos

À Imagem e Semelhança de Deus

Pr. Stina


Para Ouvir ligue ou aumente o som de seu computador

Você já pensou na criação do homem e da mulher? Entre as maravilhas que Deus criou está o ser humano. Na verdade o homem é a obra prima da criação.

Lemos em Gênesis 1:26 e 27: "Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança. . . Criou Deus, pois, o homem à Sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou."

Aí está a origem da raça humana. O homem não veio à existência através de um processo, evoluindo de formas inferiores até chegar ao que é hoje.

A Palavra de Deus confirma ao longo de suas páginas essa declaração. Na genealogia de Jesus no evangelho de Lucas encontramos no capítulo 3 e versículo 38 que na mais remota linhagem, Adão o pai da humanidade, veio de Deus.

Davi, num de seus Salmos exalta a dignidade de Deus como Criador e menciona: "Que é o homem, que dele te lembres? E o filho do homem para que o visites? Fizeste-o no entanto, por um pouco menor do que os anjos e de glória e honra o coroaste." Salmo 8: 4 e 5.

Aí está o claro testemunho de que o ser humano foi formado pelo Criador. E ao sair de Suas poderosas mãos, o homem era perfeito. Seu rosto comunicava saúde, luz e vida. Sem ter experimentado o pecado mantinha uma esfera de beleza, pureza e santidade.

Verdadeiramente refletia à imagem do seu Criador. Mas em que sentido o homem possui a imagem de Deus? Ou ainda, em que se manifesta a imagem divina no homem?

Devemos enfatizar que ter sido criado à imagem e semelhança de Deus, não significa igualdade pura.

O homem foi formado à imagem de Deus nos aspectos: físico, espiritual e intelectual. Mas, acima de qualquer raciocínio ou conclusão precipitada, queremos afirmar que tudo o que podemos e devemos saber acerca de Deus está contido nas Escrituras Sagradas.

Há muitos que vivem especulando acerca de assuntos que a Bíblia não revela e acabam por perder a fé, o amor e a esperança. Desanimam na vida cristã.

A Bíblia nos diz: "As coisas encobertas pertencem ao Senhor, nosso Deus, porém as reveladas nos pertencem, a nós e a nossos filhos, para sempre." Deuteronômio 29:29.

O aspecto fundamental neste assunto não é ficar especulando acerca da forma física e espiritual ou acerca da capacidade mental de Deus.

Mas o ponto principal, bem diferente da especulação, é que o Senhor formou o homem para viver em Sua companhia. Nisto consiste a base do tema da criação do homem à imagem e semelhança de Deus.

O ato da criação da raça humana é uma manifestação do amor de Deus. Entre outras coisas isto pode ser comprovado pela capacidade de escolher, ou seja, o livre arbítrio com que foi criado o homem.

O Senhor desejou que a família da Terra fosse uma extensão da família celestial. Todavia, não impediu que o homem escolhesse esse ou outro caminho diferente.

Aí está a grande diferença entre os seres humanos e as demais criaturas viventes. Os animais são irracionais. Não pensam. Não raciocinam, nem possuem capacidade de escolha. O homem pode fazer tudo isso e muito mais

Podemos ver nas páginas das Escrituras Sagradas muitos exemplos de Deus desejando estar em companhia dos homens. Concluímos que o Senhor visitava, pela viração do dia o Jardim do Éden, só para desfrutar do companheirismo de Adão e Eva. Gênesis 3:8

Pouco depois, lemos a história de Abraão. É um dos mais lindos e emocionantes relatos históricos da Bíblia. No desenrolar dos fatos vemos como Abraão buscou um relacionamento contínuo com Deus.

E, por outro lado, vemos como Deus buscou acompanhar e abençoar este Seu servo. Em várias oportunidades, o apóstolo Paulo exaltou a confiante fé de Abraão em Deus.

Abraão, além de ser chamado de o Pai da Fé, é também chamado de O Amigo de Deus. "E creu Abraão em Deus, e isso lhe foi imputado como justiça; e: Foi chamado o amigo de Deus." Tiago 2:23

Que definição maravilhosa, Abraão, o amigo de Deus. Isso traduz na experiência viva, o propósito para qual o homem foi feito à imagem e semelhança de Deus - ser amigo e companheiro do Seu Criador.

No entanto, o exemplo maior de companheirismo com os homens foi dado por Deus quando Jesus Cristo veio estar entre nós assumindo a natureza humana.

"Ele andou por toda a parte parte fazendo o bem." Atos 10:38. Embora Jesus tivesse momentos reservados para sua comunhão íntima com o Pai, o maior tempo de sua missão foi gasto com as pessoas, ensinando, curando, aliviando a dor e o peso dos sofredores.

Mesmo sem o seu brilho original, o homem ainda reflete a imagem de Deus. Possuímos uma consciência moral, um senso do certo ou errado, bem ou mal. E isto pode se tornar dia a dia mais sensível se cultivarmos um relacionamento saudável com Deus através do estudo de Sua Palavra e pela oração.

Por outro lado, o que restou no ser humano da imagem de Deus, poderá ser completamente anulado se dermos vazão aos maus impulsos da nossa natureza. Fazendo assim, dia a dia, apagaremos a semelhança com Deus.

Lembremos pois, que o propósito de Deus ao criar o homem à sua imagem e semelhança foi de estabelecer com a família humana, amizade e companheirismo.

Porque somos livres, podemos escolher um caminho de íntimo contato com Deus. E Ele, sem dúvida, se agradará disto, e um dia, seremos levados para estar sempre em Sua doce e eterna companhia.

Que Deus maravilhoso.



Programas Evangelicos Mensagens Evangelicas