Estudo Bíblico sobre as Profecias do Livro de Daniel.


ESTUDO 11
O Santuário

MENU INICIAL
ESTUDO ANTERIOR PRÓXIMO ESTUDO

O estudo 10 examinou os 2300 dias do tempo profético de Daniel 8 o qual se iniciou em 457 A.C. com a Medo-Pérsia e terminou em 1844. Em Daniel 9 descobrimos que Deus previu com exatidão os anos do batismo e crucifixão de Jesus. Então, temos toda confiança que o evento final dos 2300 dias, a purificação do Santuário, viria conforme a predição do tempo, em 1844. Mas o que é o Santuário e por que ele é tão importante?

O SANTUÁRIO DO ANTIGO TESTAMENTO E SEUS SERVIÇOS

1. Qual era o propósito do antigo Santuário judeu e como era chamado o Santuário no Antigo Testamento? (Exodo 25:8)

“...E me farão um Santuário, para que Eu possa ____________ no meio deles...”

“...Farás o ____________________...”

NOTA: Os israelitas eram nômades no deserto do Sinai. Neste tempo Deus pediu que eles construíssem um Tabernáculo para que Ele pudesse habitar no meio do povo. O Santuário do Antigo Testamento consistia em três seções: O Pátio, o Lugar Santo e o Lugar Santíssimo. Cada uma destas seções tinha sua própria mobília: No Pátio estava o Altar da Queima e Oferecimento dos Sacrifícios. No Lugar Santo, estavam a Mesa dos Pães da Proposição, os Sete Castiçais e o Altar do Incenso. No Lugar Santíssimo, estava a Arca do Concerto, contendo os 10 Mandamentos. A Arca tinha uma tampa dourada chamada Tampa de Expiação ou Propiciatório a qual cobria a Lei. Sobre o Propiciatório estavam dois querubins, e entre eles estava a Glória Shekinah, a presença literal de Deus na terra.

2. Quando a pessoa desejava ser perdoada do pecado no Israel antigo, o que ela trazia ao Santuário? (Levítico 5:6)

“...Como sua  ____________ pela culpa, pelo pecado que cometeu...”

NOTA: O Santuário era o lugar onde o perdão dos pecados era obtido. O serviço do Santuário apontava para a remoção  (ou perdão) do pecado vindo do pecador e transferindo este pecado e sua recompensa (morte) para o substituto (o cordeiro). O pecador colocava suas mãos sobre a cabeça do cordeiro e confessava seu pecado. Então o pecador matava a ovelha no Altar das Ofertas Queimadas. O sangue do cordeiro era então aspergido antes do véu pelo Altar do Incenso no Lugar Santo. Desta maneira simbólica, o pecado cometido era então perdoado e era atribuído ao Santuário. Este trabalho de sacrifício era realizado pelos pecadores todos os dias; então se tornou conhecido como “diário.”

QUEM PROJETOU O SANTUÁRIO?

3. Foi Moisés que projetou o Tabernáculo e que características tinha este Tabernáculo? (Exodo 25:9, 40 e Hebreus 8:5)

“...Vê, pois, que tudo faças segundo o ____________ que te foi mostrado no monte...”

“...os quais ministram em ____________ e _____________ das coisas celestes...”

NOTA: Moisés não projetou o Tabernáculo do Antigo Testamento; ele o fez de acordo com o modelo mostrado a ele por Deus quando estava no Monte Sinai. Foi Deus quem projetou o Santuário. Moisés construiu seu Tabernáculo de acordo com o modelo do Santuário Celestial.

4. Quantos Santuários existem na Bíblia? (Hebreus 8:1-5)

“...como Ministro do Santuário, e do verdadeiro Tabernáculo, que o Senhor __________ , não o ___________ ...”

NOTA: O escritor de Hebreus indica claramente que existem dois Santuários, um terrestre (o Tabernáculo e todos o serviços do Templo) e um Santuário Celestial. Este foi projetado e levantado pelo Senhor (o celestial), e o outro levantado por Moisés (o terrestre).

JESUS CUMPRE O SERVIÇO DO SANTUÁRIO

As três partes do Santuário – o Pátio, o Lugar Santo e o Lugar Santíssimo – indicam as três fases da salvação pelo ministério de Jesus, uma fase é simbolizada pelo Pátio, a segunda fase é simbolizada pelo Lugar Santo, e a terceira fase é simbolizada pelo Lugar Santíssimo.

5. Que fase do ministério de Cristo é simbolizada pelo serviço do Pátio? (Hebreus 9:26; João 1:29)

“...se manifestou uma vez por todas, para aniquilar, pelo _______________ de si mesmo, o pecado...”

“...Eis o ______________ de Deus, que tira o pecado do mundo...”

NOTA: Jesus, por Sua morte na cruz do Calvário, cumpriu o serviço do Pátio do Antigo Testamento. Ele se tornou o sacrifício do pecador: o Cordeiro de Deus. O povo não se sacrificava muito para oferecer um cordeiro a Deus quando confessava seu pecado, mas Jesus, o Cordeiro de Deus morreu por nossos pecados. O Pátio simboliza o sacrifício de Jesus. 

6. Quem é o Sumo Sacerdote do Santuário Celestial e como é cumprido o Seu ministério neste lugar? (Hebreus 4:14  e 9:24)

“...__________ , o Filho de Deus...”

“...Porque Cristo não entrou em Santuário _________ por ________, figura do verdadeiro, mas no mesmo ________, para comparecer, agora, por _______ diante de Deus...”

NOTA:  No Santuário Celestial existe somente um sacerdote, Jesus. Ele não é outro senão o Cordeiro de Deus, Jesus. Em Sua ascensão, Jesus entrou no Lugar Santo do Santuário Celestial, onde Ele aparece na presença de Deus por nós. Quando nós pecadores confessamos nossos pecados e aceitamos a morte e ressurreição da vida de Jesus como nossa própria, Jesus está no céu reclamando nosso perdão do pecado através de Seu sangue. Resumindo então, temos que o Pátio representa o serviço de sacrifício de Jesus e o Lugar Santo o Seu trabalho de intercessão.

7. Como o apóstolo Paulo indica que os indivíduos são restaurados para um relacionamento correto com Deus? (Romanos 5:10)

“...fomos reconciliados com Deus mediante a ________ de seu Filho...seremos salvos pela sua _________...”

NOTA: Estes dois aspectos do ministério de Jesus no Santuário são cumpridos por Jesus. Ele é o único que pode restaurar completamente uma pessoa à um relacionamento correto com Deus.

8. Quantos mediadores existem entre Deus e a humanidade nos tempos do Novo Testamento? (I Timóteo 2:5)

“...Porquanto há __________ Deus, e _________ Mediador entre Deus e os homens, __________________, homem...”

NOTA: Nos tempos do Novo Testamento não era mais preciso um sistema de sacerdócio terrestre. Depois que Jesus morreu na cruz e ressuscitou, o ministério do Grande Sumo Sacerdote começou. Não existe, contudo, nenhum outro mediador entre Deus e a humanidade, exceto Jesus.

O DIA DA EXPIAÇÃO

Enquanto o serviço no Pátio e Lugar Santo era realizado todo dia, o serviço no Lugar Santíssimo era realizado uma vez por ano. Então, enquanto o anterior era conhecido como “diário”, o ultimo era conhecido como “anual”. O serviço do Dia da Expiação é a terceira e final fase do ministério de Jesus. Vamos examinar os eventos deste, o mais solene dia na vida do Israel antigo.

9. O que acontecia ao Santuário no Dia da Expiação? (Levítico 16:29, 30)

“…porque naquele dia se fará expiação por vós, para ____________________...”

NOTA: O propósito do dia da Expiação era purificar os pecadores e o Santuário. A purificação do Santuário era obtida através do serviço no Lugar Santíssimo.

10. Quantos bodes eram escolhidos no Dia da Expiação e o que representavam estes animais? (Levítico 16:5 e 8)

 “...tomará ________ bodes para a oferta pelo pecado...lançará sortes sobre os dois bodes: uma para o ___________, e a outra, para o _______________________...”

NOTA: Um bode era escolhido para ser oferecido ao Senhor, o outro era para ser o bode expiatório, ou era escolhido para Azazel. Azazel era outro nome dado a Satanás. Então, neste dia em particular dois bodes eram escolhidos, um para o Senhor e outro representava a Satanás.

11. O que acontecia ao bode para o Senhor? (Levítico 16:9 e 15)

“...Arão fará chegar o bode sobre o qual cair a sorte para o Senhor, e o oferecerá por ___________ pelo ____________...”

“…e trará o seu ___________ para dentro do véu...aspergi-lo-á no _________________, e também diante ______________ ...”

NOTA: A tampa do Propiciatório, também conhecida como tampa de misericórdia, ficava dentro do Lugar Santíssimo.  (perceba que esta é a única vez a cada ano que o sumo sacerdote  entrava no Santo dos Santos). Um pouco deste sangue era aspergido sobre o Altar do Incenso, e outro tanto era aspergido sobre o Propiciatório.

12. A aspersão do sangue do bode do Senhor sobre o propiciatório era para fazer expiação para qual parte do Santuário e por que este lugar precisava ser purificado? (Levítico 16:16)

“...Assim fará expiação pelo __________________...por causa das ________________ dos filhos de Israel,  e das suas __________________, e de todos os seus pecados....” 

NOTA: Perceba novamente que o sumo sacerdote está no Lugar Santíssimo, mas ele está fazendo uma expiação pelo Santuário ou Lugar Santo. A razão pela qual o sumo sacerdote entrava no Lugar Santíssimo era para purificar o Lugar Santo de todos os pecados dos filhos de

Israel que tinham sido transferidos para lá por todo o ano através do serviço do Lugar Santo.

13. O que acontecia ao bode vivo quando o serviço de purificação do Santuário era completado? (Levítico 16:20, 21)

“...e sobre ele confessará todas as iniqüidades dos filhos de Israel, todas as suas transgressões e  todos os seus pecados; e os porá sobre a cabeça do bode, e enviá-lo-á ao ____________, pela mão dum homem à disposição para isso...”

NOTA: Perceba que o bode de Satanás nunca era morto. Somente Jesus arca com a pena do pecado (morte). O bode vivo somente entra em cena quando o serviço do Santuário estava completo – o serviço de salvação estava acabado! Esta remoção do pecado do Santuário é o ato final do serviço do Santuário. A cerimônia mostrava simplesmente que Satanás é o agente responsável final do pecado. A fim de que Jesus removesse o pecado do Santuário, um serviço de julgamento era necessário. Isto porque este serviço no Israel antigo era conhecido como o dia do julgamento. Este era o mais solene dia na história de Israel, porque os israelitas sabiam que seus pecados estavam sendo removidos do Santuário.

MINHA DECISÃO:  Senhor Deus, pelo ritual do Santuário terrestre compreendemos o plano perfeito de salvação que o Senhor nos deu pelo sacrifício de Jesus. Eu aceito o  sacrifício de Jesus pelos meus pecados.

Assinatura: _________________________________Data:__________________




ABAIXO O ÍNDICE DAS OUTRAS LIÇÕES DESTE ESTUDO BÍBLICO

Estudo 01
Estudo 02
Estudo 03
Estudo 04
Estudo 05
Estudo 06
Estudo 07
Estudo 08
Estudo 09
Estudo 10
Estudo 11
Estudo 12
Estudo 13
Estudo 14
Estudo 15

Há Vida após a morte ?

Estudo 16
Estudo 17
Estudo 18
Estudo 19
Estudo 20
Estudo 21
Estudo 22
Estudo 23
Estudo 24
Estudo 25
Estudo 26
Estudo 27

A Cruz de Jesus Cristo

Estudo 28


Programas Evangelicos Mensagens Evangelicas